Reservar quartos de hotéis durante viagens de curta duração para passar um ou dois dias em uma cidade pequena, mas com ricas belezas turísticas para conhecer pode não ser uma boa opção para o seu bolso. E geralmente, não é mesmo. Diárias deste tipo, dependendo da época do ano e da cidade em questão, podem ultrapassar os R$ 300,00 para um casal, o que deixa a viagem cara demais para, simplesmente, ter um lugar onde dormir e deixar as malas. Uma excelente alternativa pode ser reservar um Hostel (isso mesmo, Hostel e não Hotel).

Para quem não liga de dividir quartos e tem vontade de conhecer pessoas de outros países e regiões, algumas diárias podem ser encontradas por até R$30,00 nos melhores hostels do país. É o que aponta um levantamento feito pelo site europeu Hostelworld.com.

Segundo o sistema de buscas do site, para os dez melhores hostels brasileiros pode-se encontrar diárias no valor máximo de R$ 180,00. Entretanto, a média para os hostels brasileiros não passa de R$50,00 a diária. É uma excelente oportunidade de vivência cultural com pessoas de outros países e uma ótima forma de economizar na estadia.

Um ranking estruturado pelo site, divulgou os melhores hostels no Brasil: em primeiro lugar, ficou o Barra Guest Hostel (Salvador), seguido por Tucano House Backpackers (Florianópolis) e The LightHouse Hostel (Rio de Janeiro).

Para uma melhor busca de seu hostel, pelo Brasil ou pelo mundo, acesse o site: www.brazilian.hostelworld.com.

Por Diego Alvim


Quem vai para a cidade do Rio de Janeiro e precisa de um lugar para se hospedar sem gastar muito, pode ficar no hostel Walk On The Beach na praia de Copacabana.

O hostel é muito bem localizado e próximo das principais praias do Rio (como Ipanema, Leblon e Copacabana).

A diária no hostel custa R$ 35,00 em quarto comunitário, com direito a café da manhã, lençóis, toalha, vários banheiros, área social com bar e televisão, computadores, cofre individual, lavanderia e sinal Wireless gratuito.

Serviço:

  • Hostel Walk On The Beach
  • Rua Dias da Rocha, 85 – Copacabana – Rio de Janeiro
  • Metrô Siqueira Campos, saída Figueiredo Magalhães
  • Check-in às 12h00 e check-out às 10h00
  • Informações: Tel.: (21) 2545-7500
  • www.walk-on-the-beach.com

Por Monica Dinah


Quem gosta de viajar mas está sempre sem dinheiro, uma boa opção é apostar nos hostel, ou albergues como são mais conhecidos no Brasil.

Sabendo escolher, e sendo bem recomendado, o turista consegue economizar na hospedagem para poder desfrutar dos passeios e encantos de seu destino escolhido.

Para quem vai para Paraty (RJ) e quer se hospedar no centro histórico da cidade e ainda por cima economizar pode escolher o Don Quixote Hostel.

Ambiente limpo, bem arrumado, com funcionários simpáticos e prestativos além dos preços camaradas, fazem com que o turista se sinta bem hospedado.

Os quartos possuem banheiro, ventilador no teto e roupa de cama, o café da manhã está incluso no preço que variam de R$40,00 a R$80,00 dependendo se é alta ou baixa temporada. O hostel também organiza passeios pela região.

Serviço:

Don Quixote Hostel

Rua da Lapa, 7 Paraty – RJ

Tel.: (24) 3371-2106

www.donquixotehostel.com

Por Monica Dinah


Santo Hostel é um albergue, ou hostel como se diz fora do Brasil, mais tranqüilo do que a maioria. Esta hospedaria de dois andares se restringe a realizar festas temáticas previamente agendadas e aulas de tango, então quem não curte muito barulho estará no lugar certo. Normalmente seus hóspedes são estudantes e mochileiros.

Os preços por noite variam de 10 a 40 dólares, dependendo do tipo de quarto escolhido, comunitários, individuais com ou sem banheiro particular. O café-da-manhã está incluso no preço, é simples, mas tradicional, mezza-lunas (croissant) e uma bebida quente.

O uso da internet é gratuito, também se disponibiliza uma cozinha para quem quiser preparar suas refeições.

Muito bem localizado, a alguns passos da Av, Nove de Julho e Av. De Mayo, as principais avenidas de Buenos Aires e do centro cultural da cidade, na Av. Corrientes.

Serviço:

Santo Hostel

Salta, 170 – Buenos Aires – Argentina

Por Monica Dinah


Para quem procura por opções de hospedagem baratas em Paris e também não gosta de ficar sozinho, a boa pedida é se hospedar no albergue da rede MIJE, há mais de 50 anos em atividade.

Muito bem cotado entre os mochileiros, este albergue se situa na região central, o Marais, um dos bairros mais charmosos e antigos de Paris, além estar cercado por História, há muitas opções de baladas e de lá se pode chegar a qualquer região de Paris.

Com três endereços diferentes, o MIJE transformou os antigos palacetes da aristocracia francesa em espaço turístico.

As diárias custam em média 30 euros com o café-da-manhã incluso no preço. Crianças menores de 5 anos não são permitidas, mas há várias opções de quartos, desde single até comunitários.

As reservas podem ser feitas pela internet.

MIJE Paris:

  • 6, rue de Fourcy
  • 11, rue Du Fauconnier
  • 12, rue des Barres

O site do albergue é: www.mije.com

Por Monica Dinah


Conhecer a cidade dos grandes astros do Cinema pode sair mais barato do que se imagina.

Para visitar a cidade de Los Angeles, na Califórnia, e quem sabe ter a sorte de adentrar os estúdios de Hollywood, boa opção de hospedagem são os hostels (albergues).

Como em toda cidade litorânea e turística, há dezenas de opções dessa hospedagem típica para mochileiros.

Para morar alguns dias no centro da cidade ou próximo às praias, boas opções de hospedagem são o Banana Bungalow Hollywood, que entre outras comodidades oferece internet gratuita e segurança 24 horas. Nele, a diária está na casa dos 20 dólares.

E pesquisando dá para encontrar opções até mais baratas. No Venice Beach Hotel, a diária custa 18 dólares. Claro, são opções para quem não se incomoda em dividir quarto. Mas, com a economia da diária, talvez sobre até algum para gastar no passeio por Beverly Hills.

Mais informações em www.hostels.com/los-angeles/usa.

Por: Karina Gonçalves





CONTINUE NAVEGANDO: